Skatista recebe crianças da ONG Social Skate

Rony Gomes e Sandro 'Testinha', coordenador da ONG Social Skate (Foto: Felipe Puerta)
Rony Gomes e Sandro ‘Testinha’, coordenador da ONG Social Skate (Foto: Felipe Puerta)

O dia 13 de setembro de 2014 pode não significar muito para a grande maioria das pessoas, mas na história de 23 crianças e adolescentes assistidos pela ONG Skate Social, de Poá (na Grande São Paulo), a data vai ficar marcada por muito e muito tempo. Esse foi o dia que eles visitaram o centro de treinamento e passaram o tempo todo ao lado do skatista profissional Rony Gomes, em Atibaia (SP). Muitos preferiram não se arriscar no half pipe, mas aproveitaram para assistir de perto a exibição feita pelo atual campeão mundial e brasileiro de skate vertical.

Com apoio de seus patrocinadores e apoiadores, Rony pode proporcionar um dia muito importante na vida de cada criança que esteve em sua rampa. “O envolvimento dos meus patrocinadores foi muito importante para o sucesso desse dia. Cada um colaborou um pouco, com doação de material, transporte, alimentação. É realmente muito bom querer fazer o bem e ter parceiros que apoiam essas ideias”, comemorou o skatista de 21 anos.

“Fico feliz de receber o (Sandro) ‘Testinha’. Na verdade, para mim, é uma honra. É um pouco do que eu posso fazer pelo trabalho que ele faz com essa criançada, com o pessoal que vem de uma área mais humilde, e poder mostrar pra eles que na vida tem esse lado do esporte. Que se estudar, focar e ter cabeça, eles podem traçar e alcançar objetivos na vida. Eu fico realmente muito feliz de pode abrir as portas da minha rampa, o local que eu construí com o meu trabalho e proporcionar um dia diferente para eles”, completou Rony.

Sandro ‘Testinha’ e sua esposa Leila Vieira, coordenadores da ONG Skate Social, receberam as doações feitas pelos patrocinadores e apoiadores do skatista profissional. Foram mais de 100 itens, entre shapes, trucks, rodinhas, mochilas, adesivos, lixas, cronômetros, squeezes e outros acessórios para ajudar no trabalho que vem sendo feito há mais de quatro anos.

Comentários do Facebook