Suspenso, Blatter apresenta recurso contra decisão da Fifa

Joseph Blatter
Joseph Blatter, presidente da Fifa

O suíço Joseph Blatter recorreu da decisão da Fifa de o afastá-lo por três meses do cargo de presidente da entidade e espera reverter a decisão que o impede de ter qualquer relação com o mundo do futebol durante esse período. A informação foi divulgada pelo jornal New York Times, que afirma ter obtido uma cópia do recurso.

Na última quinta-feira, Blatter foi suspenso por 90 dias da entidade que ele preside por conta das investigações abertas pelo Ministério Público contra ele. O dirigente suíço é suspeito de “gestão desleal” e “apropriação indevida” de recursos.

Nesta sexta-feira, porém, ele questionou a decisão, alegando que o processo violou as próprias regras do Comitê de Ética da Fifa. Blatter quer agora ter acesso ao processo que o afastou e pede que seja ouvido pelos inspetores.

Além de Blatter, a Fifa afastou o secretário-geral Jérôme Valcke e os dois principais candidatos ao comando da organização, o francês Michel Platini e o magnata sul-coreano Chung Mong-Joon.

A decisão abriu uma disputa política feroz em Zurique e jogou o mundo do futebol em um caos diante da indefinição sobre quem assumirá a entidade a partir do dia 26 de fevereiro, data da eleição.

Comentários do Facebook