Vila Nova quer transformar OBA em arena para mandar partidas nacionais

Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (Foto: Reprodução)
Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (Foto: Reprodução)

O Vila Nova deve apresentar um projeto de reforma do Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga para o Conselho Deliberativo na próxima segunda-feira (29).

Segundo a Rádio 730, a obra seria reforma simples, mas deixaria o estádio mais funcional. Um projetista já foi contratado e o projeto final será apresentado para a imprensa e a torcida no dia 1º de março.

Reforma

O gramado do OBA será substituído pelo mesmo do Serra Dourada (grama Celebretion). A ação começa na próxima segunda-feira e dura 45 dias.

Unifan Bolsas de até 70% – 300×250

Além disso, o alambrado será removido e, em cima da mureta, será instalado um blindex de 2 m de altura, assim como nas mais modernas arenas do futebol atual, permitindo a proximidade entre torcedor e gramado.

Por meio de expansão das arquibancadas, a nova capacidade do estádio seria de mais de 10 mil torcedores, atendendo à exigência da CBF para jogos do Campeonato Brasileiro.

Cronograma e custos

O prazo estipulado até o momento é de 75 dias para que toda a reforma esteja concluída e o novo estádio pronto para receber jogos da Série B.

Para a conclusão do projeto, o valor (ainda não fixado exatamente) gira em torno de R$ 500 mil. Para arrecadar o montante, o Vila realizará um almoço no dia 15 de maio e outras ações de coleta de recursos.

LEIA MAIS: Vila considera fechar arquibancada do Serra na próxima partida

Outras fontes de renda seriam um lote no valor de R$ 120 mil, dado ao clube pela Construtora Castel imóveis.E uma campanha intitulada Todos Pelo OBA, em que o torcedor poderá doar material de construção para as obras.

Todo o material retirado do OBA será reutilizado em campos de treinamento das categorias de base do clube.